8 de dezembro de 2010

FALTAM PASSARINHOS, SOBRAM PERNILONGOS

Hoje, uma postagem diferente servindo de alerta pra quando a gente plantar uma árvore na frente de casa ou criar um jardim no quintal.

Quem mora no interior de São Paulo está convivendo com milhões de pernilongos. Seca? Efeito estufa? Lixo? Falta de passarinho?

Ops! Falta de passarinho? Isto mesmo! Um passarinho come até 150 pernilongos/dia.Com a falta deles, os pernilongos fazem a festa em nossas casas.

Faltam passarinhos por causa de desmatamento? Um pouco.

Faltam passarinhos por causa dos venenos que colocam nas plantações? Isto também contribui.

Estes venenos agrícolas são verdadeiras armadilhas para eles, que comem e depois morrem envenenados.

Faltam passarinhos porque a casa de cada um de nós está cada vez mais anti-ecológica? Sim, com certeza!

São 4 mudanças fundamentais no quesito "jardim":

1) Cada vez mais as casas estão impermeabilizadas. Ou seja, progressivamente os lugares onde existiam plantas (grama, jardim, árvores, etc.) estão sendo cimentados. Isto diminui, obviamente, os espaços onde os passarinhos e outros animais podem encontrar abrigo, alimento, etc.


2) As grandes árvores em frente das casas fazem sombra, refrescam a casa, mas geram folhas (sujeira segundo algumas donas de casa) e diminuem a iluminação dos postes de luz. Ruas com muitas árvores grandes são mais escuras. Por causa do medo de assalto, as árvores, principalmente as grandes, estão sendo cortadas ou não substituídas quando morrem: ganha-se em luz e menos "sujeira". Hoje são comuns casas sem árvores na frente.


Difícil encontrar árvore de grande porte plantada recentemente.

Quando plantam, são árvores de pequeno porte e praticamente nunca árvore frutífera.

3) Existem poucas áreas públicas e estas estão com pouca ou sem árvores e arbustos nativos.

Os passarinhos de sua região estão adaptados a comer frutos de árvores nativas. Por isto é importante que estas árvores (arbustos, etc.) tenham preferência na hora de serem compradas e plantadas.

Quando foi a última vez que você comeu bacaúva?

Talvez você nem conheça esta fruta, tão consumida há 60 anos atrás.

Descubra quais são as plantas nativas de sua cidade, faça um belo de um jardim. Descubra a alegria de alimentar outros seres vivos.


4) A estética preferida nos jardins atualmente geram um deserto verde: coqueirinhos, coqueirinhos, mais coqueirinhos. Para quebrar um pouco a monocultura de coqueiros, se coloca outras plantas que não produzem frutos, nem flores e nem dão abrigo aos animais. Ou seja, um deserto verde.

Tudo isto diminui a quantidade de alimentos e abrigo para os passarinhos. Diminui a quantidade deles que se alimentam de pernilonogos, que vão na sua casa te picar, que te fazem acordar a noite.

Para contornar tal incômodo você coloca veneno nos quartos para você e sua família se intoxicarem.

Está na hora de cada um assumir a responsabilidade e transformar sua própria casa em uma área onde a ecologia é respeitada.

Por Regis Mesquita


"Toda planta ou toda gente
que pro alto se levanta,
que pra todo lado encanta,
não dá costa, não dá frente,
é árvore."

Maria Gouvêa Ferreira

5 comentários:

  1. Eu diria até mesmo que tem outra coisa faltando: casas. Ultimamente o que aumentado são o número de fortalezas ou mini-presídios. Casas com cerca elétrica, com um paredão cobrindo a frente da casa, câmeras, guarita...
    A nossa Pedro de Toledo que tinha tantas mangueiras, agora não tem quase nada. Quando vi a 2ª foto, pensei naquela rua do Jd. Americano, que corca a Clemente Hubbard e a João Moreira. Aquela parte é muito gostosa, cheia de árvores.
    Mas infelizmente as pessoas pensam apenas nas soluções temporárias. E se acham que agora está ruim, tenham certeza que daqui 5 anos vão sentir saudades.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lucas,
    realmente, aquela rua do Jd Americano que desce para a João Moreira é uma maravilhosa. Quem dera ter mais ruas como essa ornamentando e refrescando nossa cidade.
    Para fazer essa postagem eu deveria ter fotografado algumas ruas de Lins mas infelizmente não deu.
    Agora, estamos empenhados em trocar nossa Rezedá na frente da Branca por uma árvore frutífera, mas ainda não sabemos qual. Se vc tiver sugestões nos mande, ok?
    Obrigada pela sua presença aqui no blog e suas opiniões são sempre bem vindas.
    Um gde abraço
    Adriene

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela continuidade dos negócios aos longos dos anos, de pensar que faz 25 anos que provarmos pela ultima vez as delicia da sorveteria Branca de Neve, ou melhor, Branca pros mais intimos na época que saiamos no final de semana contando os centavos mas não perdiamos a opotunidade de saborar o melhor sorvete de nossas vidas.

    Abs a todos ficamos contentes

    Beto & Rô

    ResponderExcluir
  4. Olá Beto e Rô!
    Que bom receber notícias de clientes distantes e saudosos. Ficamos honrados pela lembrança e carinho e desejamos que venham nos visitar logo que puderem.
    Um gde abraço
    Adriene e Mauricio

    ResponderExcluir

Olá, seu comentário é muito importante para nós.
Obrigada pela visita.
Adriene e Mauricio